• Equipe Dr. Dog

Quem fez isso conseguiu superar a crise

Atualizado: há 2 dias

E 2020 continua sendo um ano fora do comum: enquanto em várias cidades, os serviços de banho e tosa continuam proibidos de funcionar, os petshops e lojas de ração, bem como as clínicas veterinárias - por serem considerados serviços essenciais - puderam manter seu funcionamento durante a quarentena (ou sessentena, já né gente?).


como se adaptar nesta crise com produtos pet shop para revenda

Bom, mas e como manter o faturamento neste cenário? Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Pet Brasil, as vendas do setor pet, por meio de comércio eletrônico, cresceu (pasmem) 65% - comparando os 3 primeiros meses de 2020 versus o mesmo período de 2019! E quais os itens mais vendidos? Medicamentos, Pet Food (alimentação, petiscos, etc), seguido pelos produtos de cuidado, principalmente para banho em casa, como shampoos para pets por exemplo.


E sabe o quanto isso representa? R$2,5Bi.


Não podemos deixar de levar em conta, que logo no início da pandemia, muitas pessoas correram para fazer estoque de ração, petiscos e areia para gatos, por exemplo - assim como houve a correria para nós humanos, com itens essenciais e papel higiênico.


E muitos pequenos petshops e profissionais de banho e tosa, correram para se adaptar e não perder faturamento: buscaram revender rações, acessórios, e muitos brinquedos para entreter e distrair os pets confinados em casa; além dos produtos para facilitar a higiene dos pets em casa como os shampoos para banho a seco, inclusive, alguns até se colocaram à disposição dos seus clientes para dar dicas de como dar um banho em casa, debaixo do chuveiro mesmo!


Afinal, este é um momento delicado em que precisamos nos unir para atravessar o período da melhor forma possível.


E vocês, como têm enfrentado este período? Incluíram um serviço delivery de ração ou produtos da sua loja? Têm atendido pelo whatsapp?

Compartilha com a gente! Pode ser uma inspiração para outros profissionais do mercado! =)


0 visualização