• Equipe Dr. Dog

A verdade é que você não é a única pessoa preocupada com acabar com alergias

Só de imaginar seu cachorro ou gato, filhos de 4 patas da casa, se coçando e não poder ajudar, você não consegue dormir?

Pois é, e pode ter certeza de que você não é a única a passar diariamente por isso.


cão triste com alergia e coceira

Sabia que muitas vezes o “inimigo” pode ser um velho conhecido da casa?

Ácaro, poeira, flores, produtos de limpeza, alguns tipos de alimentos como pão, por exemplo, podem ser gatilhos para desencadear a coceira nos pets.


Vamos por partes então, tentar descobrir o que pode estar causando alergia neles:


  1. Como você cuida da limpeza da casa e dos ambientes em que seu peludinho fica? Produtos com cloro e água sanitária, velhos conhecidos da limpeza pesada brasileira, podem irritar os focinhos e partes como barriguinha, pernas e dorso; dê preferência a produtos para limpeza de uso veterinário;

  2. Por mais que eles façam a carinha de pidão enquanto vocês tomam café da manhã, nunca ofereça alimentos como pão, chocolate ou doces - o organismo deles não está preparado muitas vezes para digerir açúcares e farinha branca;

  3. No caso de alergia a poeira e ao ácaro, pesquise por aspiradores com filtros especiais que ajudam na limpeza com uma proteção a mais;

  4. Quando o assunto são as pulgas, muitos se lembram das coleiras e medicamentos para tratar as que estão no cachorro, mas se esquecem de acabar também com os ovos que podem estar principalmente espalhados onde os peludinhos costumam dormir, então é muito comum que as pulgas retornem num curto espaço de tempo.

gif

Os produtos usados durante o banho também fazem diferença no cuidado, sabia? Escolha produtos que respeitem a camada de proteção natural dos pets e ajudem na hidratação. Afinal, podem desencadear um ciclo sem fim: pele ressecada => coceira => alergia => dermatite => banho => pele ressecada novamente. Lembrem-se, estamos falando da pele, e não dos pelos, que podem estar sedosos e brilhantes, mas escondendo uma pele que pede socorro por baixo. Fiquem atentos!


6. Alguns tipos de flores e plantas não são indicados para lares com cachorros e gatos: as mais populares são a “comigo - ninguém - pode”, espada de São Jorge, azaleia e até mesmo a babosa. Então, se você tem alguma destas em casa, melhor deixar bem longe do alcance deles, combinado?


7. Alguns tipos de ração também podem “não cair bem” para o seu peludinho. Vale a pena pedir algumas indicações de marcas e tipos para o veterinário que faz o acompanhamento.





Nossa, estes são apenas alguns dos gatilhos que podem causar alergias e coceiras.

Lembrem-se, muitas vezes os medicamentos receitados pelos veterinários ajudam a aliviar o desconforto, mas as causas também precisam ser investigadas. Caso contrário, elas voltam em pouco tempo, ou logo que o efeito dos medicamentos acaba.

=(


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo